fbpx

[E-book] Estilos de decoração: alternativas que estão em alta para utilizar em escritórios

1. Introdução

Os estilos de decoração são linguagens de design de interiores para guiar os seus projetos a partir de conjuntos específicos de regras, motivos e elementos. Portanto, cada um deles pode ser definido por fatores, como as cores, os padrões, as texturas e os materiais.

Portanto vai muito além da escolha de móveis, tapetes, luminárias e outros acessórios decorativos. Ele também deve incluir as cores das paredes, a disposição dos móveis, os pisos, entre outras possibilidades. 

A seguir, vamos falar detalhadamente sobre os estilos mais populares no momento: o industrial, o minimalista, o escandinavo e o vintage. Acompanhe!

2. Estilo industrial

O estilo industrial tem tudo a ver com tijolos expostos, tubos de metal e madeira bruta. É um nítido contraste com os espaços de escritório neutros aos quais muitas empresas se acostumaram. Por isso, é necessário muito planejamento e execução estratégica para projetar um autêntico escritório industrial.

2.1. Construa uma base com sua seleção de móveis

Um dos primeiros passos para trazer o estilo industrial é escolher os móveis certos. Os móveis industriais têm linhas limpas, com foco na funcionalidade sobre a estética, e geralmente são feitos de metal, concreto ou outros materiais brutos. 

Existem alguns tipos diferentes de móveis que você pode escolher para criar um escritório industrial, mas aqui estão algumas das opções mais populares: 

  • mesas de escritório de metal: isso pode incluir uma variedade de metais diferentes, como ferro, alumínio ou aço. O aço é uma das escolhas mais populares para móveis de escritório, principalmente porque é muito resistente e durável. Ele pode suportar muito desgaste, que é a qualidade perfeita para um ambiente de escritório;
  • mesas de escritório de madeira: as mesas de madeira também podem ser incorporadas a um escritório de estilo industrial. É importante privilegiar uma madeira mais crua e sem pintura. Dessa forma, fica com um visual mais autêntico.

2.2. Incorpore elementos de madeira de demolição

Quando você pensa em espaços industriais, a madeira de demolição é provavelmente um dos primeiros elementos de design que vem à mente. Você pode usá-lo para detalhes, como em uma parede ou prateleira. Para evitar acidentes com os usuários, é importante pedir aos marceneiros para lixar e selar a madeira com verniz transparente a fim de evitar farpas.

2.3. Use tons mais escuros para cores 

Raramente você verá um espaço industrial decorado com cores claras e pastel. Eles tendem a ter tons mais escuros para cores, como preto, azul-marinho ou vermelho profundo. 

Para evitar um visual sobrecarregado. Utilize cores neutras (preto ou cinza concreto) nas paredes e cores escuras (quentes ou frias) em elementos, como móveis, iluminação e peças de decoração para adicionar mais variedade de tons.

2.3. Adicione tubos e outros toques industriais

Para uma sensação industrial autêntica, você deve adicionar alguns elementos industriais brutos ao projeto. Um dos toques industriais mais comuns é o uso de tubos. Não é um visual popular para todos os escritórios, mas é um elemento clássico. Você pode usar tubos para exibir fotos ou usá-los como suportes para estantes. 

Outros toques industriais que você pode incorporar ao escritório incluem: 

  • tambores de óleo: embora não adicionem necessariamente nenhuma função ao espaço do escritório, podem ser ótimas decorações. Eles podem ser usados ​​para armazenar material de escritório ou reaproveitados em uma mesa de centro ou de apoio;
  • luzes de néon: os letreiros em neon são um elemento de design industrial muito comum. Você pode trazê-los como parte de sua configuração de iluminação ou aproveitá-los apenas como elementos de decoração;
  • luzes industriais: são aquelas com um tom mais amarelo e com um fio em seu interior. Há uma variedade de luminárias, como as lâmpadas Edison e os pendentes de metal.

2.4. Adicione luz e ventilação naturais 

Um dos maiores diferenciais de um espaço industrial autêntico é a quantidade de luz e ventilação naturais. Afinal, os galpões de fábricas raramente têm muitas janelas, além de não serem muito bem ventilados. 

Se pretende que o projeto seja um autêntico espaço industrial, terá de fazer alguns sacrifícios em termos de luz natural. Nesse sentido, você pode diminuir a quantidade de janelas com vidro translúcido e incluir mecanismos automáticos para fechar as portas. No entanto, para compensar, deve reforçar a iluminação artificial para não prejudicar a produtividade dos colaboradores.

3. Estilo minimalista

Se há uma palavra que resume perfeitamente o ambiente de trabalho moderno, é “minimalista”. Afinal, esse estilo de decoração incentiva a colaboração criando um ambiente de trabalho mais aberto e acessível. Ele também cria uma atmosfera de confiança e transparência. O minimalismo é especialmente benéfico nos escritórios, pois cria uma sensação de espaço e reduz as distrações. 

Por isso, está se tornando cada vez mais popular entre empresas que lidam com tecnologia, como empresas de desenvolvimento de software e web design. Além disso, é muito interessante em estabelecimentos de saúde, spas, salas de espera e outros ambientes em que o relaxamento é um diferencial.

No entanto, a verdade é que esse estilo se encaixa em qualquer escritório, independentemente de seu tamanho ou layout. Mesmo se o seu cliente tem um espaço pequeno ou grande, ele pode criar um ambiente calmo e tranquilo.

É importante lembrar que o minimalismo é subjetivo. Embora a maioria das pessoas pretenda criar espaços abertos e organizados, não há uma abordagem única para o design minimalista. É importante criar um ambiente que funcione para o cliente e os membros da equipe dele. 

3.1. Seja seletivo sobre os móveis que você usa

Antes de começar a projetar um escritório, pergunte a si mesmo: “O que realmente meu cliente precisa?”. Quando se trata de móveis, selecione apenas o necessário. 

  • Se as funções dos colaboradores não exigem privacidade, não há necessidade de construir cubículos;
  • se você não precisa de uma sala de conferências, não construa uma. 

Além disso, escolha móveis que possam ser facilmente movidos, como mesas e cadeiras com rodas. Elas podem ser facilmente ajustadas quando você precisar 

Ou seja, em vez de adicionar mais uma peça de mobiliário, seu cliente apenas precisará reconfigurar o espaço quando surgir uma nova necessidade de uso.

3.2. Use cores para criar zonas

O minimalista se trata de criar a melhor experiência com o mínimo de elementos no espaço. Nesse sentido, a cor pode ser usada para criar várias zonas sensoriais no escritório.

Por exemplo, em uma sala de descanso, o azul é uma cor que representa confiança, confiança e estabilidade. É uma cor calmante que evitará que a sala de descanso pareça muito barulhenta e distrativa. 

Em um espaço de trabalho, laranja, vermelho e amarelo promovem a criatividade. Azul e verde promovem o foco, enquanto o roxo atua como uma cor anti-stress para aumentar o relaxamento.

3.3. Enfatize a luz natural

Ter janelas em escritório é fundamental para promover um ambiente minimalista. As janelas permitem a entrada de luz natural e criam um espaço aberto propício à colaboração e à criatividade. Trabalhar em um escritório com luz natural é mais confortável do que qualquer fonte de luz que possa ser instalada nas estações.

3.4. Planeje a iluminação artificial de forma estratégica

Para os funcionários que se sentam em um escritório sem janelas, adicionar uma fonte de luz indireta sobre mesas pode ajudar a promover um ambiente mais minimalista. As melhores luzes para esse tipo de situação são as lâmpadas LED dimerizáveis, que podem ser ajustadas para fornecer uma luminosidade mais confortável. 

4. Estilo escandinavo

Talvez, uma das razões pelas quais países escandinavos são classificados entre os países mais felizes do planeta seja o amor pela simplicidade. Se seu cliente deseja que sua equipe seja feliz e produtiva, considere trazer um pouco do estilo escandinavo para o escritório.

Em muitos elementos, o estilo escandinavo é muito parecido com o minimalista. No entanto, há alguns toques regionais típicos de países nórdicos, como a utilização de:

  • uma paleta neutra, com ocasionais elementos em tons escuros de azul ou verde. No minimalismo, não há nenhuma restrição a cores específicas;
  • muita madeira, metais e materiais naturais, como lã e linho. 

Além disso, é fundamental agregar plantas e vegetação ao seu projeto. Os elementos naturais têm o potencial de reduzir o estresse e criar um ambiente mais descontraído e criativo. 

Em diversos estudos, os pesquisadores descobriram que os participantes que trabalhavam em escritórios com plantas relataram um nível menor de estresse do que os funcionários que trabalhavam em escritórios sem plantas. 

5. Estilo vintage

O estilo vintage é caracterizado pelo uso de peças antigas em espaços modernos.

5.1. Aposte na iluminação vintage

As luminárias vintage geralmente são feitas de latão, vidro ou madeira e ajudarão você a obter uma aparência aconchegante. Além disso, utilize lâmpadas que produzem tons quentes de branco. Como esses elementos são os mais comuns em escritórios antigos, eles ajudarão você a obter uma aparência nostálgica.

5.2. Selecione uma cadeira de couro

Uma cadeira de couro é o móvel mais vintage de um escritório. Ela é reconhecida pelo design único e pela atmosfera tradicional que transmite. Além disso, elas costumam ser mais resistentes e duráveis ​​que as modernas.

5.3. Não se esqueça dos tecidos

Tecidos como seda, brocado e veludo são geralmente usados ​​em móveis vintage. Você pode usá-los na cobertura dos móveis e, até mesmo, das paredes. Como esses materiais pode ser difíceis de encontrar, você pode:

  • optar por um design de papel de parede retrô;
  • utilizar materiais sintéticos que imitam a sua textura e aparência. 

5.4. Misture e combine peças diferentes

Decorar um escritório com móveis antigos não significa que você precisa ter um visual vintage completo. Você pode optar por misturar e combinar diferentes peças vintage com móveis modernos. Por exemplo, você pode usar:

  • uma mesa vintage junto com uma cadeira moderna;
  • luzes de estilo vintage junto com um computador ou laptop moderno.

Lâmpadas vintage ficarão ótimas com móveis modernos. Elas também ajudarão você a obter um ambiente agradável e relaxante.

5.5. Adicionar peças de arte nas paredes

Você pode selecionar obras de arte ou quadros com molduras em vintage. Com isso, é possível obter um charme do velho mundo no projeto. As pinturas vintage geralmente são feitas com óleo sobre tela.

5.6. Aposte no estilo eclético

O estilo eclético é uma variação do vintage, sendo caracterizado pelo uso de uma ampla variedade de materiais e designs de épocas diferentes. Muitas vezes, emprega uma mistura de estilos regionais, como móveis franceses e chineses associados a elementos vitorianos. 

Isso resulta em uma riqueza de padrões, materiais e cores. No entanto, para evitar a sobrecarga de informação, é importante ter algum tipo de tema unificador, como uma cor predominante.

6. Outros estilos de decoração para escritórios

Veja alguns outros estilos que ainda são bastante utilizados nos projetos arquitetônicos.

6.1. Estilo moderno

O estilo de escritório moderno evoluiu a partir da ideia de trazer linhas limpas, padrões geométricos e móveis simplificados para o local de trabalho. Ele se caracteriza em grande parte pelo uso de uma paleta neutra e peças de mobiliário elegantes, onde tudo é adaptado às necessidades individuais do escritório. 

Ele usa linhas limpas, muito espaço em branco, móveis simples, geométricos e angulares. Por isso, tem sido um dos mais populares para decorar escritórios desde a Segunda Guerra Mundial.

6.2. Estilo Contemporâneo

O estilo de escritório contemporâneo vem crescendo em popularidade nos últimos anos, especialmente com o surgimento de startups que têm um orçamento muito limitado para trabalhar. Caracteriza-se por uma paleta de cores vivas (geralmente, nas cores dos elementos da marca) e pelo uso de materiais naturais como madeira e concreto. 

Hoje em dia, as empresas tendem a misturar e combinar estilos que funcionam melhor para a equipe do seu cliente. Por isso, você pode ver alguns toques contemporâneos sendo adicionados a um ambiente mais tradicional. Esse tipo de estilo de escritório é perfeito para empresas criativas e negócios que querem se associar à ideia de inovação e quebrar o status quo.

7. Conclusão

Agora que você já sabe o que é cada estilo de decoração, pode escolher aquele que melhor se adapta às necessidades dos seus clientes. Lembre-se de que você também pode combinar estilos diferentes no mesmo escritório, desde que funcionem bem juntos. 

Você também pode usar certos elementos de estilos diferentes para criar um projeto inovador. Não se esqueça, contudo, que o mais importante é que seus clientes fiquem felizes e confortáveis ​​no escritório.

guia para projetistas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?